domingo, 8 de junho de 2008

POEMA ESPERANÇA

Apreciem esse poema de autoria de Geni Sousa e deixem suas considerações.

Esperança
C riança combina com lambança
R espeito e confiança
E spancar não faz sentido
S air correndo pra fugir do castigo
C rescer é o meu único objetivo
E studar, entender!
R espeitar e aprender
S empre sonhei em ter
E sperar para crescer e
M eus pais compreender
P ancadaria não leva a lugar nenhum
A penas nos deixa triste e sem objetivo algum
L amentos, sussurros.
M uitas vezes por causa dos murros
A credito sinceramente com todo fervor
D eus existe em meu interior
A mar é possível mesmo com tanto rancor
Sonhar não é proibido
Não merecer nenhum castigo
Viver como o Everton, a Thaís.
A Victória, a Aline e o Raul.
Em uma cidade com o céu bem azul
Brincar, correr.
E aprender
Todos somos iguais
Queremos um pouco de atenção
Nada de erguer a mão
Só precisamos de compreensão
Em casa muito carinho
Termos o nosso cantinho
Dialogar, educar.
Respeitar e ensinar.
E o melhor de tudo é poder dizer
Pude crescer
Com respeito e orgulho
Sem nunca saber
O que foi o bater
Autoria: Geni Souza
LACRI-IPUSP
Tutora do Curso VDCA? Boa Pergunta!

2 comentários:

Geni disse...

Olá Sando:

Que honra ver meu Poema em seu BLOG. Estou muito feliz!!!
Que a "Esperança" que há em cada um de nós seja sufientemente forte para combater este fenômemo chamado VDCA.
um grande abraço,

Geni

Sandocleber disse...

Oi Geni,

A honra é então de nós dois (rsrs!). Que a Esperança se faça presente em nós enquanto combatentes da VDCA e se constitua na vida de crianças e adolescentes vitimizados pela VDCA.

Abraço afável,

Sando